Megan Fox na Esquire Magazine 2013

Megan Fox surge sensual na edição de fevereiro da revista Esquire.

Durante entrevista concedida à revista a atriz revelou que vem de uma família evangélica pentecostal, do Estado do Tennessee. Além disso, garante que sua fé em Jesus e vida familiar são suas prioridades no momento.

Megan, tida como um verdadeiro “símbolo sexual”, revelou que cresceu indo à igreja e que atualmente trava uma verdadeira luta com a fama, temendo que isso prejudique outros aspectos de sua vida. Para ela é difícil ser vista por milhões de pessoas como um “objeto sexual”. Por isso diz que tem escolhido interpretar personagens diferentes da “mocinha sensual” que a deixou famosa.

Na entrevista, a jovem explicou que foi batizada no Espírito Santo aos oito anos de idade. Desde então, fala em línguas (ou em “mistério”, como diz a maioria dos pentecostais brasileiros).

“Parece que uma grande corrente de energia elétrica vem sobre sua cabeça. Em seguida, todo o meu corpo é preenchido com essa corrente elétrica, e começo a falar, mas sem pensar ou entender o que digo. As palavras saem da boca e não posso  controla. É uma língua que só Deus entende. É a língua falada no céu”, explica.

Ela enfatiza que até hoje tem dificuldades para “se segurar” quando vai aos cultos, com medo do que as pessoas poderão pensar. A atriz diz que não se sente confortável com o estilo de vida das celebridades e não gosta de fazer fotos provocantes. Ela rejeita ter de mostrar o seu corpo, embora reconheça que deve seu sucesso à beleza.

“Eu me sinto impotente diante dessa imagem, como as pessoas me veem. Parece que não tenho mais nada para mostrar, além do corpo”.

Ela também conversou sobre os problemas da fama e disse que as pessoas fora do meio não entendem as reclamações dos artistas.

“Eles pensam que devemos calar nossas bocas e parar de reclamar, porque vivemos em uma casa grande ou dirigimos um Bentley (marca sofisticada de carros). Então sua vida deve ser incrível! O que as pessoas não entendem é que a fama, não importando qual seja sua pior experiência na escola, quando você sofre ‘bullying’ por aquelas 10 crianças de uma vez… A fama é isso, mas em escala global. É como você sofrer ‘bullying’ por milhões de pessoas constantemente.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s